Início Tendências Black Friday 2019: como preparar sua empresa para as vendas

Black Friday 2019: como preparar sua empresa para as vendas

black-friday

A Black Friday é uma grande oportunidade de os consumidores comprarem mercadorias por um valor mais em conta, o que proporciona aos empresários um aumento das vendas. Essa promoção é realizada na última sexta-feira do mês de novembro de cada ano em alguns países, como o Brasil.

Neste ano, o evento será realizado no dia 29 de novembro e envolverá lojas tradicionais e e-commerces. A expectativa é que haja mais brasileiros aderindo a essa iniciativa, o que contribui para movimentar a economia.

Neste artigo, destacamos diversos aspectos para um comerciante digital obter bons resultados com a Black Friday.

 

Saiba como se preparar

O primeiro passo é se organizar com antecedência para esse evento, considerado o mais importante para o e-commerce. É importante equilibrar a oferta com a demanda por meio de uma negociação antecipada com os fornecedores.

De acordo com o coordenador de Serviços da Tray Corp, Fernando Zambrano, conseguir um melhor preço de compra e negociar alguns produtos que estão parados nas fábricas são ações interessantes. Essas mercadorias podem ser usadas para chamar a atenção da audiência por meio de e-mail marketing ou por outras modalidades de campanhas.

Além disso, é possível conceder descontos reais e, de fato, relevantes para o consumidor. Dependendo do momento, coleções passadas, sem uma grande procura no momento, podem ser colocadas em promoção.

Zambrano também destacou que um bom planejamento de mídias é fundamental para obter bons resultados com a Black Friday. “Há alguns tipos de mídias que você precisa preparar ações com antecedência para aparecer nesses canais. Isso tem que estar bem planejado, porque o custo por clique fica maior durante o evento, devido à quantidade de busca”, explicou.

Também é essencial ter um bom alinhamento com a agência de comunicação contratada, para aqueles que optaram pela terceirização, para que todas as peças da campanha estarem prontas na data certa. Um bom planejamento minimiza o risco de falhas. É necessário priorizar os descontos reais e não mentir sobre as ofertas na internet. Um erro grave pode resultar em cobranças públicas pelas redes sociais e baixa reputação em sites de reclamação.

E-commerce

Os e-commerces devem planejar como serão os despachos das mercadorias por causa da intensificação do número encomendas. Com um maior fluxo de compras, existe um certo atraso entre fazer uma solicitação e ter a aprovação. É fundamental informar o cliente por e-mail que o pedido está a caminho.

No final de semana da Black Friday, é recomendado planejar como serão os trâmites de entrega, os atendimentos e os canais de atendimento usados para interagir com a audiência. É recomendado fazer um plantão de suporte para a alta demanda já a partir das 18h na quinta-feira.

Muitos consumidores compram pensando no Natal ou na oportunidade de conseguir um bom desconto, mas é essencial entregar a encomenda no prazo determinado.

“Deixar uma política clara sobre trocas faz toda a diferença. Algumas pessoas compram por impulso e podem querer trocar. Mesmo que as regras do direito de arrependimento estejam descritas Código de Defesa do Consumidor, essas políticas devem estar claras no momento da compra”, explicou o coordenador de Serviços da Tray Corp.

Fique atento ao estoque

Para evitar problemas com a falta de disponibilidade de produtos, é essencial garantir o abastecimento do estoque com antecedência, prevendo a quantidade necessária para atender ao aumento da demanda.

O importante, nesse caso, é cumprir com o prometido e jamais deixar o consumidor sem o item comprado, seja qual for o motivo pelo ocorrido. Em casos de falhas como essas, é preferível adotar práticas como o dropshipping e o cross docking do que deixar o cliente sem a encomenda.

Esse tipo de problema, além de comprometer a imagem da loja, pode até mesmo gerar processos judiciais por quebra de contato. Por isso, é essencial atenção.

“É importante deixar isso alinhado com o fornecedor, para não haver falha na entrega nem prejuízos de imagem para o e-commerce”, alertou Zambrano.

Pense na infraestrutura da plataforma

O ideal é investir na infraestrutura da plataforma de vendas para tudo funcionar adequadamente durante a Black Friday. Na Tray Corp, a prioridade é fazer com que os servidores estejam aptos a receber toda a demanda de acessos. Em geral, o tráfego no site triplica em virtude do evento.

Outra medida é verificar como será o plantão da plataforma no período da Black Friday para planejar e garantir o bom funcionamento. Dessa maneira, haverá pessoas prontas para acompanhar o cliente, caso haja algum imprevisto.

Há uma série de cuidados relevantes que devem ser alinhados, principalmente, nos e-commerces que vendem muito. É preciso verificar o tempo que o banner vai demorar para aparecer no site. Também é crucial adotar medidas para o site não ficar lento quando são lançados novos anúncios.

Veja como conceder descontos de forma estratégia

Segundo o coordenador de Serviços da Tray Corp, é indicado pensar em vários fatores para oferecer descontos de maneira inteligente, por exemplo:

  • acompanhar o mercado, para que não haja uma diferença muito grande entre os produtos tabelados, o que pode gerar suspeitas de que um fornecedor está favorecendo uma empresa;
  • não aumentar os preços dias antes da Black Friday para abaixar no dia do evento;
  • trabalhar para a comunicação visual indicar, com clareza, se há frete grátis e se o produto tem ou não desconto;
  • apresentar o histórico de preço do produto, para possibilitar ao internauta ver como o valor desse item se comportou durante o ano;
  • não trabalhar com preços abaixo do custo;
  • evitar qualquer tipo de aposta combinada, como ofertas de descontos para compras acima de R$ 500,00 ou acima de 10 produtos.

Uma estratégia de concessão de descontos precisa contribuir para o fortalecimento da marca. A Black Friday é uma grande oportunidade de um e-commerce conquistar mais clientes fiéis, desde que haja boas ofertas e entregas eficientes.

Tenha foco nas campanhas de marketing e comunicação

De acordo com Zambrano, é inevitável um aumento de verba para novembro por causa da Black Friday. O ideal é planejar para investir mais pesado nas mídias no mês do evento, para tudo ser executado da melhor maneira possível.

“É fundamental planejar as peças, as campanhas e os produtos. A dica é fazer bem-feito o básico. Esteja preparado, porque vão aumentar os custos com mídia. O que garante a visibilidade são campanhas online. O e-commerce deve estar no Google Ads e buscar durante o ano ir trabalhando a parte de tráfego orgânico”, afirmou.

O coordenador de Serviços da Tray Corp considera necessário ser realizado constantemente o trabalho de SEO, que consiste em aumentar a visibilidade de um e-commerce nos mecanismos de busca. Zambrano recomenda, ainda, estar atento a tudo o que o Google pode proporcionar a uma empresa. Além disso, indicou disparar newsletters para chamar a atenção da audiência.

“Temos outras mídias interessantes, como Google Shopping, marketplaces, comparadores de preços e mídias de remarketing. Essa parte online precisa ser devidamente executada durante o evento. Ressalto que é essencial executar o trabalho ao longo do mês. Não é possível fazer tudo no dia da promoção”, aconselhou.

Foque nas tendências

Na avaliação de Zambrano, o aumento dos consumidores online é sempre algo a ser considerado. Por isso, os sites necessitam estar preparados para os que optam por fazer compras no celular.

Outro ponto importante é que as lojas físicas estarão mais presentes na Black Friday deste ano. As marcas devem ter um maior foco no omnichannel, porque muitos clientes gostam de comprar online e retirar na loja no dia seguinte. Esse procedimento exige um ótimo controle de estoque para evitar problemas.

Além do planejamento, os gestores precisam valorizar o respeito ao cliente. A Black Friday é uma ótima chance de fortalecer a visibilidade de um e-commerce, mas pode causar danos irreversíveis a uma marca, caso haja erros na estratégia de preços e atrasos na entrega das mercadorias.

Baixe o e-book: calendário
e-commerce 2019
Saiba como se planejar com antecedência para as principais datas comemorativas do ano e sair na frente da concorrência!

Quero ler o e-book agora!