Início Gestão Entenda como o consumo sustentável vem impactando as vendas online

Entenda como o consumo sustentável vem impactando as vendas online

consumo-sustentavel

O consumo sustentável está presente nos hábitos de muitos cidadãos. Hoje, os clientes valorizam bastante as companhias que atuam com responsabilidade social, porque a preservação do meio ambiente é necessária para as novas gerações terem mais qualidade de vida.

Essa tendência está sendo observada pelas empresas de e-commerce, que investem na sustentabilidade para atrair mais clientes e fortalecer a marca. Com o avanço da sociedade, essa postura deixou de ser um diferencial e passou a ser uma obrigação para se manter competitivo.

Neste artigo, destacaremos o comportamento atual dos consumidores e as práticas para o seu comércio eletrônico adotar princípios sustentáveis.

 

Entenda como funciona o consumo sustentável

O consumo consciente se caracteriza pelo fato de o comprador não analisar apenas o preço e a qualidade de um serviço, mas também o comportamento do fornecedor com relação aos cuidados com o meio ambiente.

Antes de fechar uma compra em uma loja virtual, o cliente analisa os materiais utilizados na embalagem, a maneira como a mercadoria foi produzida e a distância do estoque da empresa à residência dele.

Também verifica se a companhia tem um compromisso com a preservação ambiental por meio de projetos direcionados aos stakeholders (públicos estratégicos de uma organização). As condições de trabalho oferecidas aos colaboradores também influenciam a decisão dos clientes em investir na marca.

O descarte final da mercadoria e como ela impacta o meio ambiente também são levados em consideração pelos que aderem ao consumo sustentável. 

Esses fatores precisam ser observados com bastante atenção. Do contrário, as corporações perderão espaço para os concorrentes mais sintonizados com as tendências atuais.

Saiba como a sua loja virtual pode ser sustentável

Manter uma conexão com os consumidores contribui para ganhar prestígio e conquistar resultados mais expressivos. Esse aspecto motivou muitas empresas a adotar a sustentabilidade nos valores que contemplam as práticas no dia a dia.

Uma loja virtual necessita ter consciência do impacto que causa ao meio ambiente. O primeiro passo para fazer isso é verificar a quantidade de embalagens utilizadas e o material usado para fabricá-las.

O ideal é usar itens reciclados ou recicláveis para proteger as mercadorias. Dessa maneira, evita-se que as embalagens tenham como destino os aterros e os lixões. Dependendo do material usado, ele pode demorar muitos anos para se decompor na natureza. 

O excesso de resíduos afeta a qualidade do solo e das águas. Isso dificulta a produção de alimentos e o fornecimento de água potável à população. A emissão de gás carbônico (CO2) é outro cuidado que precisa ser observado pelas corporações. Hoje, a tendência é optar por rotas menores para a entrega das mercadorias e por veículos que poluem menos o ar.

Nas grandes cidades, muitas doenças são provocadas por causa da qualidade do ar. À medida que uma empresa se atenta para esses fatores, mais ela estará envolvida com os que valorizam o consumo sustentável.

Legislação

Um e-commerce também necessita seguir a legislação ambiental. A Política Nacional de Resíduos Sólidos serve de referência para as companhias adotarem iniciativas voltadas para a sustentabilidade.

Essa norma tem como meta organizar e amenizar a geração de resíduos sólidos no país pela diretriz da responsabilidade compartilhada. Ela faz com que uma loja virtual e o consumidor sejam responsáveis pela destinação dos materiais distribuídos ou comprados.

Planejamento

Para uma loja virtual prestar bons serviços, é crucial contar com um plano de logística. Essa atividade é relevante para agilizar as entregas, reduzir o tempo de itens no estoque e diminuir custos com manutenções do veículo, combustíveis e pagamento de horas-extras para os funcionários.

É interessante que seja oferecida a possibilidade de o cliente retirar a mercadoria em um local próximo de onde mora (loja física ou estoque da companhia). Assim, minimiza-se o uso dos veículos para entregar os itens e, consequentemente, a emissão de gases nocivos ao meio ambiente.

Essa postura favorece o consumo sustentável e cativa mais os clientes. Fidelizar o público-alvo é uma forma de manter as vendas em um bom patamar e construir uma imagem positiva perante a sociedade. 

Logística Reversa

A logística reversa, no sentido ambiental, consiste em um conjunto de atividades para reaproveitar itens durante os ciclos produtivos e promover a destinação correta dos resíduos. Essa iniciativa está sendo adotada por muitas empresas para fortalecer o compromisso com a responsabilidade social.

É importante, no entanto, diferenciar o conceito de logística reversa no contexto ambiental e aquele empregado para trocas e devoluções de mercadorias no comércio eletrônico.

Atualmente, vários produtos e as respectivas embalagens necessitam de um sistema de logística reversa para causar menos danos ao meio ambiente. A lista é composta por diversos itens, como:

  • lâmpadas fluorescentes;
  • óleos lubrificantes;
  • pilhas e baterias;
  • pneus;
  • produtos eletroeletrônicos e os respectivos componentes.

Fornecedores

Se um e-commerce deseja adotar práticas sustentáveis, é imprescindível que tenha uma rede de fornecedores que sejam responsáveis em termos ecológicos, sociais e econômicos.

As empresas devem compartilhar valores para que a parceria seja positiva para ambas. Não adianta uma companhia somente usar materiais recicláveis nas embalagens, caso um fornecedor, por exemplo, não respeite a legislação ambiental vigente.

Os consumidores desejam negociar com marcas que ofereçam bons serviços e tenham preocupação com o bem-estar social. Essa tendência está se fortalecendo a cada dia e não pode ser mais ignorada.

Conscientização

Uma loja virtual também pode conscientizar os colaboradores sobre iniciativas que ajudam a preservar o meio ambiente. Nesse sentido, podem ser promovidas ações voltadas à economia de papel e plástico, por exemplo.

Os funcionários devem ser orientados a usar apenas o papel reciclado, caso seja extremamente necessário. Eles também podem receber informações sobre o consumo de energia, que vão ajudá-los a economizar no local de trabalho e em casa.

A empresa também pode mostrar comprometimento com o consumo sustentável. Um exemplo é a adoção de lâmpadas de LED que gastam menos energia elétrica.

Comunicação

A realização de campanhas é importante para mostrar à equipe a necessidade de adotar práticas sustentáveis. Essa postura deve sempre ser trabalhada pelas empresas.

Uma forma de colocar isso em prática é ter uma comunicação transparente com o público interno. Ou seja, investir em publicações que expliquem e reforcem o uso racional dos recursos materiais e financeiros disponíveis.

Nesse sentido, é interessante fazer uma divulgação das ações sustentáveis para o público externo. A medida contribui para ratificar o posicionamento da marca e aumentar o nível de satisfação dos clientes com os serviços prestados.

Tudo indica que apostar no consumo sustentável tornou-se um caminho sem volta para o e-commerce. Afinal, os consumidores desejam um excelente atendimento e a garantia de que estão adquirindo mercadorias de uma empresa preocupada com a qualidade de vida de todo o ecossistema das gerações atuais e futuras.

Baixe o case: migração
Livraria Florence
Saiba como a Florence teve um crescimento 126% no tráfego orgânico e de 85% na receita desse canal após a mudança de plataforma!

Quero ler o e-book agora!