Início Estratégias de Marketing E-mail marketing: como manter altas suas taxas de entrega, abertura e cliques?

E-mail marketing: como manter altas suas taxas de entrega, abertura e cliques?

e-mail-marketing-entrega-abertura-e-cliques

No tema de hoje, você conhecerá uma importante estratégia de comunicação e vendas da maioria das empresas: o e-mail marketing.

Devido ao avanço das ferramentas de automação de marketing, o e-mail continua sendo o melhor canal para relacionamento e engajamento com os clientes. Além disso, é uma das táticas de marketing digital mais eficazes para trazer novos clientes.

Quer saber mais sobre essa estratégia? Então, continue a leitura e fique por dentro de algumas ações que vão auxiliar você a ser mais eficaz nas suas estratégias de e-mail marketing.

 

O que é e-mail marketing?

Trata-se de um meio de comunicação entre uma organização e seus compradores ou potenciais clientes, via e-mail. Ou seja, é a utilização desse recurso em campanhas de marketing digital.

Seu principal objetivo é criar e manter o relacionamento com os clientes, melhorando, assim, os resultados nas vendas. Os exemplos mais comuns de e-mail marketing são ofertas, campanhas, confirmação de uma compra online e newsletter.

Durante muito tempo o e-mail marketing era visto como um tipo de comunicação invasiva, sem muita relevância para quem o recebia. Atualmente, no entanto, ele é umas das formas mais eficazes de manter a comunicação com os clientes por meio da troca direta de mensagens.

Por que utilizar o e-mail marketing?

Apesar de o e-mail marketing estar associado com frequência a uma abordagem promocional e comercial, ele vai muito além dessa estratégia. Utilizando esse método é possível se comunicar de modo pessoal com seus potenciais clientes — isso pode trazer resultados positivos para o seu negócio.

O alcance de milhares de clientes potenciais é um dos principais motivos de utilizar o e-mail marketing. Segundo o Statista, em 2017, houve 3,7 bilhões de usuários desse recurso no mundo inteiro. Estima-se que esse número cresça até 4,1 bilhões em 2021.

Em geral, o endereço de e-mail centraliza todas as ações de um usuário na internet, isso acontece porque qualquer login em um site utiliza esse tipo de credencial.

Estima-se que uma pessoa comum verifique o seu e-mail 15 vezes por dia — mas nem tudo é sobre vendas. Os e-mails criam confiança do consumidor em sua marca, fidelizam clientes e, acima de tudo, é uma maneira de contato entre sua companhia e seus clientes.

Os leads gerados pelo e-mail marketing podem ser transformados em clientes e aumentar suas vendas consideravelmente. De acordo com a Mailigen, 89% dos comerciantes afirmam que esse é o principal canal para geração de leads.

Comparado com a publicidade em sites, Google Ads, banners ou anúncios patrocinados em redes sociais, o custo e o investimento inicial para executar essa estratégia é relativamente baixo, além de gerar um grande volume de receita. Por isso, o e-mail marketing ainda é o canal que apresenta melhor retorno financeiro.

Além disso, o e-mail pode ter o formato que você desejar, com elementos gráficos, textos longos ou curtos, links ou templates, gerando uma boa experiência visual e interativa ao usuário. Claro que existem boas práticas a serem empregadas na hora de fazê-lo, mas a flexibilidade e personalização são ótimas vantagens.

Como manter altas suas taxas de entrega, abertura e cliques?

Depois de conhecer as características do e-mail marketing e os motivos para utilizá-lo, trouxemos algumas dicas importantes para deixar sua estratégia mais eficaz.

Existem uma série de fatores que podem influenciar de forma positiva ou negativa os seus resultados. Por isso, não se esqueça de que, para ter sucesso com a estratégia, é necessário direcionar o seu foco para delimitar qual objetivo deve ser alcançado com os e-mails; isto é, se a sua busca é por mais aberturas, cliques ou entrega.

Confira, a seguir, como aumentar os resultados de cada uma dessas métricas de e-mail marketing.

Melhore a sua taxa de entrega

A Taxa de Entrega ou Deliverability nada mais é que o número de e-mails recebidos, frente ao número total de envios. Quanto melhor o seu conteúdo, a sua ferramenta de disparo e os contatos cadastrados em sua lista, maior será a sua taxa de entrega.

Para que você possa aumentar a sua taxa de entrega, ou, pelo menos, garantir que está fazendo tudo o que pode para evitar que os seus e-mails parem na pasta de spam, existem algumas boas práticas recomendadas.

1. Evite o uso de certas palavras

Evite o bloqueio nos filtros de spam. Não use palavras como sexo, viagra, dieta, de graça, prêmio e ganhe dinheiro extra, pois, frequentemente, ficam bloqueadas por filtros de spam.

Grande parte dos serviços de e-mail marketing pagos disponibilizam ferramentas para diagnosticar a “saúde” do seu e-mail e evitar correr riscos e cometer erros no envio.

2. Remova da sua lista de e-mails os Spam traps, incorretos e suspeitos

O Spam Trap é um tipo de e-mail falso, com contas inexistentes ou inativas, criado e gerido por entidades antispam para detectar suspeitos.

O ideal é não comprar listas de e-mails, pois são uma grande fonte tanto de Spamtraps puros como também endereços antigos que se transformaram em Spamtraps reciclados.

3. Uso de IPs em URLs

Toda campanha de e-mail é enviada por meio de um servidor, e cada um deles tem um IP próprio. Para que os usuários não entendam seus e-mails como spam, evite o uso de endereços de IP em URLs no corpo do e-mail.

4. Mailing ativo

Separe aqueles e-mails que não interagem com seus disparos há alguns meses. A maioria dos sistemas possibilita a separação da base por pessoas que não abriram uma mensagem sua a mais de 60 dias.

5. Otimize as imagens para web

Mantenha as imagens com tamanho, resolução e formato apropriados para web. Também faça uso do atributo “Alt” nas imagens, cuidando do SEO e colocando as descrições corretas caso o e-mail não abra para o usuário.

6. Identifique de maneira clara o remetente

Garanta que o nome do remetente em seus e-mails esteja relacionado com o site ou o assunto que serviu de base à subscrição.

7. Layout e Formatação

Existem vários fatores relacionados com a formatação incorreta do e-mail que você deve estar atento, como evitar o uso excessivo de pontos de exclamação, de maiúsculas, de código html desnecessário e uso de apenas uma imagem. O layout deve ser simples para não conflitar com o mobile.

8. Double Opt-in e Cancelamento

O Double Opt-in (inscrição mediante confirmação por e-mail) garante que somente um usuário com interesse consiga receber as news. Depois de inserir o seu contato eletrônico, o assinante receberá uma mensagem para confirmar a inscrição e garantir o acesso a newsletter.

Além de ter certeza da inscrição, o assinante pode se descadastrar facilmente. Por isso, disponibilizar de forma clara um link para que a pessoa possa cancelar o recebimento ou mudar o e-mail em que recebe a News é fundamental para evitar que o e-mail caia na caixa de spam.

9. Frequência de Envio

Evite ter uma frequência alta de envios. Estipule um calendário razoável, considerando o tema e o contexto. Caso tenha uma news diária, forneça outra opção para o usuário se inscrever, como recebimento semanal.

10. Teste e análises

Faça testes e análises para as formas de envio, taxa de abertura, remetente, conversão, assunto, layout, horários e veja quais resultados são mais positivos para o seu público. A taxa de cliques ajudará a descobrir quais conteúdos atraem mais seus leitores — fique atento.

6 ideias de newsletter matadoras para aplicar no seu e-commerce_16 ideias de newsletter matadoras para aplicar no seu e-commerce_26 ideias de newsletter matadoras para aplicar no seu e-commerce_3v26 ideias de newsletter matadoras para aplicar no seu e-commerce_46 ideias de newsletter matadoras para aplicar no seu e-commerce_5

6 ideias de newsletter matadoras para aplicar no seu e-commerce_66 ideias de newsletter matadoras para aplicar no seu e-commerce_76 ideias de newsletter matadoras para aplicar no seu e-commerce_8v2

Melhore sua taxa de abertura

A taxa de abertura corresponde ao percentual de e-mails abertos frente aos enviados. Apesar de ser considerada uma métrica pouco confiável por muitos, ela é importante pois demonstra o engajamento dos leads com suas campanhas, além de ilustrar se o assunto performou bem ou não.

Vale ressaltar que um e-mail com baixa taxa de abertura evidentemente tende a ter menos cliques. Portanto, as métricas não devem ser analisadas sozinhas.

1. Assunto

O grande responsável por altas taxas de abertura é um bom assunto. Algumas palavras chamam mais a atenção do seu cliente como: tag de nome, segmento de seu interesse, vantagens de compra, destaque e validade da promoção.

Evite palavras da Blacklist dos clientes de e-mail, como: grátis, brinde, só hoje, confira e ganhe. Esses termos são frequentemente usados e as chances de gerarem frustrações são altas.

Vale ressaltar também que no mobile os primeiros 30 caracteres do assunto devem ser diretos e convidativos — faça com que os dizeres incentivem o leitor a abrir o e-mail.

2. Mailing segmentado

A segmentação da lista de e-mail deve ser dividida com base no que você conhece sobre cada usuário. News segmentadas tendem a ter melhores taxas de abertura, gerando impacto positivo na entrega das próximas newsletters.

Campanhas segmentadas por interesse geram mais resultados do que campanhas gerais. Isso porque quanto mais específica a segmentação, mais importante ela é para o destinatário.

3. Personalização

Personalizar e-mails para seu público aumentará as taxas de abertura e conversão. Você pode utilizar o nome do usuário em suas news a segmentar conteúdo e base de contatos. Muitas plataformas de e-mail popular tornam fácil a segmentação de base e personalização.

Aumente sua taxa de cliques

A taxa de cliques corresponde às ações que os usuários tiveram no seu e-mail. Por exemplo, se foram entregues 1.000 mensagens e a campanha recebeu 100 cliques, houve, então, 10% da base interagindo com seu disparo.

Para aumentar sua taxa de cliques, leve em conta algumas orientações listadas abaixo.

1. Layout claro

Mantenha a estrutura do seu layout de e-mail a mais limpa possível para não misturar as informações fixas com as do banner e confundir seu usuário — nunca use apenas uma imagem. Mantenha o layout e o design da sua campanha seguindo o mesmo padrão das comunicações da sua empresa (site, blog, redes sociais, etc.).

Use as mesmas fontes de texto, cores, tamanhos e imagens para fortalecer o visual de sua marca e fazer seus clientes lembrarem de você, independentemente da plataforma em que estiverem recebendo e acessando seus e-mails.

2. Visualização no celular

Certifique-se que seu layout de news é responsivo ou, no mínimo, amigável para mobile, já que a taxa de leitura de e-mails por meio de smartphones cresce a cada dia.

3. Conteúdo interessante

Desenvolva conteúdo atrativo para seu público. Conquiste a atenção do seu cliente com uma boa vantagem passada de forma clara e objetiva ou desperte, ainda, a sua curiosidade para obter mais informações acessando o seu site — onde você terá ainda mais ferramentas prontas para leva-lo ao fundo do funil de conversões.

4. Apenas um Call to Action

Tenha apenas um Call to Action (CTA) em seus e-mails para que fique claro ao leitor o que você deseja que ele faça. Busque concentrar-se nos benefícios para seu usuário — em vez de “Baixe agora”, por exemplo, tente, “Melhore agora a sua abertura de e-mail”.

5. Forneça valor em cada e-mail

Tenha uma estratégia para conquistar leads que inclua a automação de e-mails, fornecendo valor ao seu público com conteúdo real e materiais ricos, como e-books, artigos de blog, descontos realmente interessantes, cupons, etc.

É fundamental nutrir seus assinantes com uma sequência de boas-vindas e, posteriormente, uma série de e-mails para educar os leitores sobre sua marca.

6. Aceite respostas

Permita que as pessoas possam responder seus e-mails marketing, pois eles são fonte de comunicação e confiança. Retorne a todos que responderem, pois os feedbacks são importantes para se ter novas ideias de recursos e melhorias — mensagens com perguntas têm taxas de respostas maiores.

Sendo assim, crie uma fonte potencial de comunicação com a comunidade de fãs da sua marca também por e-mail.

Quais as ferramentas eficientes para e-mail marketing?

Escolher uma boa ferramenta de e-mail marketing é imprescindível. Diversos fatores influenciam na escolha, que variam desde o custo mensal até as funcionalidades disponíveis. No entanto, a ferramenta ideal é aquela que atenderá às suas necessidades com funções certas para impulsionar seus negócios. Conheça algumas logo abaixo.

Mail2Easy

Mail2Easy é uma ferramenta da empresa Dinamize que oferece uma série de recursos de e-mail marketing, como editor drag e drop, automação de campanhas, criação de landing pages e realização de testes A/B.

A solução oferece uma versão gratuita mais simples para testes e uma Pro, que oferece o pacote completo de funcionalidades e sem limitações de envio.

MailChimp

MailChimp é uma das ferramentas mais utilizadas em todo o mundo. É completa para quem pretende iniciar em campanhas de e-mail e oferece ainda mais funcionalidades para quem já tem experiência.

A ferramenta conta com diversos templates e um editor drag and drop, ou seja, é só arrastar e soltar para montar seus e-mails. Além disso, você pode criar listas personalizadas, campanhas segmentadas e medir os resultados de cada um dos seus esforços.

O MailChimp tem uma versão gratuita que permite envio de até 12 mil mensagens por mês. Uma desvantagem é estar disponível apenas na versão em inglês.

Allin

Allin é uma plataforma de e-mail marketing que proporciona soluções focadas em relacionamento digital e desempenho. Tem mais de 30 recursos, como o envio automático e o envio dinâmico, que permitem automatizar de forma inteligente as suas campanhas de marketing e dividir seus códigos html em diferentes mensagens.

Além disso, a Allin também conta com soluções de campanhas transacionais, mobile marketing e de remarketing. Tudo isso com facilidade, rapidez e confiabilidade.

Então, esperamos que você tenha gostado do nosso artigo e aproveite para seguir as práticas citadas acima. Certamente você incrementará a qualidade das suas mensagens e conquistará uma melhoria significativa na entrega, abertura e cliques dos seus e-mails.

Por fim, além de buscar aplicar estratégias de marketing de qualidade para atrair e fidelizar clientes, é fundamental contar com o auxílio de uma boa plataforma de e-commerce, que permita gerar a melhor experiência de compra possível para os consumidores, ao mesmo tempo que facilita a gestão do empreendimento.

*Artigo originalmente publicado em fevereiro de 2018 e atualizado em fevereiro de 2019.

Baixe o case: migração
Livraria Florence
Saiba como a Florence teve um crescimento 126% no tráfego orgânico e de 85% na receita desse canal após a mudança de plataforma!

Quero ler o e-book agora!