Início Estratégias de Marketing Vale a pena contratar digital influencer para divulgar sua loja virtual?

Vale a pena contratar digital influencer para divulgar sua loja virtual?

marketing-influencia-contratar-digital-influencer

As marcas têm buscado formas de se aproximar do seu público e criar relacionamentos duradouros e de valor. Uma das formas que mais tem ganhado espaço nos últimos tempos é o chamado marketing de influência, que se baseia na contratação de digital influencers — os influenciadores digitais — para promoverem um produto ou serviço com sua base de seguidores.

Seja na forma de um contrato financeiro ou então em uma parceria com troca de itens e benefícios, esse é um mercado que ganhou proeminência nos últimos anos e já passou a integrar o orçamento de divulgação de grandes empresas.

Mas será que essa estratégia vale a pena para o e-commerce? Neste texto, vamos falar um pouco mais sobre a contratação de influenciadores, os benefícios que essa tática pode oferecer e os cuidados que devem ser tomados ao escolher essa opção. Confira!

 

O que é o marketing de influência?

Os influenciadores digitais, ou digital influencers, são personalidades que construíram uma base de seguidores online e que mantêm algum tipo de engajamento e interação com eles, fazendo com que se tornem uma figura de referência para essas pessoas. Uma das bases dessa relação é a criação de conteúdo que esses usuários considerem interessante, seja ele estruturado, como vídeos temáticos no YouTube, ou então apenas o compartilhamento de momentos do seu cotidiano, em redes como o Instagram.

Com a popularização da internet e das redes sociais, esses influenciadores foram conquistando cada vez mais força e credibilidade, criando comunidades de milhões — e, em alguns casos, bilhões — de pessoas interessadas por um tema específico.

Não demorou muito para as marcas perceberem o potencial desse laço e buscar maneiras de utilizar o poder de influência dessas pessoas para falarem diretamente com seus consumidores.

O poder dessa estratégia reside no fato de que as pessoas costumam dar muito mais valor e confiar mais em mensagens de pessoas que elas confiam do que de comunicações oficiais das próprias organizações. Os influenciadores criam relações de intimidade e confiança com seus seguidores, abrindo aspectos do seu dia a dia e convidando-os a participar e interagir por meio de transmissões online e nos campos de comentários. Essas personalidades passam, então, a ser vistas como uma espécie de amigas dessas pessoas e, portanto, tão dignas de confiança como tal.

Quais cuidados tomar na hora de contratar influenciadores?

Embora essa seja uma excelente oportunidade de impactar positivamente seu público e alcançar novas audiências, é fundamental ter cuidado na hora de contratar um digital influencer. Confira os principais!

1. Compreenda a persona do seu e-commerce

Um erro muito comum é aplicar o marketing de influência sem analisar se essa estratégia é mesmo relevante para o público da sua loja virtual.

Para tomar essa decisão, é fundamental ter uma compreensão exata de quem é a persona do seu e-commerce, ou seja, o perfil semificcional do seu cliente ideal. É ele quem vai definir quais são os gostos dos seus consumidores, seus comportamentos esperados, necessidades, desejos e expectativas.

Dentro dessa análise, é possível verificar se eles costumam acompanhar algum influencer e como é sua presença nas redes sociais, avaliando se essa é realmente uma boa alternativa.

2. Analise o público do influencer

Em mesma medida que é preciso ter uma compreensão profunda sobre o perfil dos clientes da sua loja virtual, também é importante conhecer quem é o público dos influenciadores que serão contratados, para avaliar se existe “fit” nessa escolha.

Além de visitar os perfis da personalidade nas redes sociais, navegue pelos principais comentários e busque compreender como funciona essa interação. Na hora da negociação, também vale pedir à pessoa dados sobre esse público e avaliar se ele realmente é parecido com seu.

3. Avalie as métricas de engajamento

Na hora de contratar um digital influencer, é importante saber qual engajamento real ele tem para entender se a ação realmente trará o resultado esperado. Não é raro a existência de perfis que utilizam meios fraudulentos para conseguir seguidores falsos e que, embora apresente números aparentemente impressionantes, têm taxas de engajamento baixíssimas.

Além de pedir que o influenciador forneça esses dados, é importante validar essas informações acessando seus perfis nas redes sociais e vendo se existem comentários, compartilhamentos e outros sinais de que o público realmente interage com essa pessoa. Nesse sentido, é fundamental fugir das chamadas métricas de vaidade, como apenas números de curtidas ou seguidores.

Outra dica importante é contextualizar esses dados em um período de tempo e pedir um recorte de alguns meses para analisar a evolução desse engajamento. Por exemplo, existem perfis que fazem promoções e conquistam milhares de seguidores instantaneamente, mas essa interação não se mantém nos meses seguintes. Na estratégia de influencers, é importante buscar relações de longo prazo.

4. Faça um planejamento da estratégia

Uma vez confirmado que uma parceria com aquele influenciador faz sentido para sua loja, é importante definir com exatidão quais serão os termos dessa relação, além de fazer uso de um contrato escrito que descreva não só o que foi combinado mas preveja o que deverá ser feito caso descumprimento de alguma das partes.

Nessa mesma linha, o seu planejamento também deverá contar a previsão de ações que deverão ser empregadas na ocorrência de situações como uma má recepção da campanha pelo público.

Além do contrato formal, é importante ter claro quais são os objetivos esperados dessa parceria e quais métricas serão usadas para avaliar seu alcance ou não. Você deseja apenas reforçar a sua marca ou pretende atrair visitas que gerem compras em seu site? Nesse quesito, é importante definir uma meta realista e que considere resultados anteriores que aquele influenciador pode ter obtido.

No fim, é importante fazer um planejamento baseado em ações e objetivos concretos e buscar relações de longo prazo com digital influencers que realmente façam sentido para a estratégia da sua marca. Avaliar a recepção da campanha e verificar o que pode ser feito diferente nas próximas vezes também é importante.

O marketing de influência não vai servir para todas as organizações, mas, levando em consideração esses passos, as chances de sucesso serão maiores.

Baixe o case: migração
Livraria Florence
Saiba como a Florence teve um crescimento 126% no tráfego orgânico e de 85% na receita desse canal após a mudança de plataforma!

Quero ler o e-book agora!