Início Gestão Como otimizar a conversão dos boletos no e-commerce?

Como otimizar a conversão dos boletos no e-commerce?

otimizar-conversao-boletos-ecommerce

Quem trabalha com loja virtual precisa investir em meios para atrair muitos clientes. O lojista que viabiliza como forma de pagamento o boleto no e-commerce, por exemplo, tem exatamente essa vantagem de poder contar com maior alcance de consumidores. Segundo o relatório E-commerce Radar, o percentual nessa preferência chega a 35%.

No entanto, nem tudo é perfeito. Ao mesmo tempo em que a quantidade de pedidos assim é grande, nem todos os compradores chegam a, efetivamente, realizar o pagamento. De acordo com a mesma pesquisa, essa taxa fica em torno de 48,7%.

Dessa maneira, um comerciante que queira continuar agradando seus clientes e, ao mesmo tempo, diminuir a desistência, precisa prestar atenção em alguns detalhes. Continue a leitura e saiba como proceder nessa situação!


Motivos para que os consumidores optem pelo boleto bancário

Um boleto não pago pode gerar uma série de consequências desagradáveis ao e-commerce, devido às baixas taxas de conversão. Elas vão desde a perda de recursos de anúncios até o esforço para campanhas de finalização da compra e recuperação de carrinho.

No entanto, é importante entender que cada consumidor chega com necessidades e preferências diferentes. Um comerciante que deseja expandir seus negócios deve procurar atender a todos esses perfis. Algumas das razões para o boleto ser escolhido são as listadas a seguir.

Não ter cartão de crédito

Ainda é considerável a quantidade de compradores que não têm cartão de crédito. Os motivos para isso são diversos: desde um jovem estagiário que não tem possibilidades até um indivíduo que teve o nome sujo e precisou fazer o cancelamento.

Apesar disso, é plausível que tais consumidores tenham a verdadeira intenção de aquisição do item e da realização do pagamento. Sendo assim, não proporcionar essa escolha pode fazer o comércio perder algumas vendas.

Não ter limite no cartão

Existem, ainda, aqueles usuários que fazem bastante uso do cartão de crédito, mas foram se deparar com o produto que eles desejavam na época em que já haviam estourado o limite mensal da fatura para o próximo mês.

Esses são bons compradores e a opção pelo boleto foi apenas algo pontual. Não é a forma que mais utilizam, mas precisam dela para essas situações eventuais.

Não confiar na loja

Alguns usuários já passaram, em algum momento, por problemas de ter seus dados roubados e o número do cartão clonado. Dessa maneira, sentem-se mais seguros escolhendo a opção do boleto. Essa forma costuma ser usada por eles apenas em compras via internet. Há, também, os que são bastante prevenidos e só optam pelo cartão depois de terem construído um relacionamento com a loja.

Conseguir mais controle financeiro

Não podemos nos esquecer dos usuários que se decidem pelo boleto bancário por ele oferecer mais facilidade para fazer o orçamento mensal, mantendo, assim, maior controle das finanças. Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a percentagem de famílias endividadas no Brasil está por volta de 59%. Sendo assim, essa forma dá mais proteção para que não afundem ainda mais nas despesas.

Dicas para aumentar a conversão do pagamento do boleto no e-commerce

Por inúmeras razões um consumidor não chega à etapa de pagamento, o que influencia, negativamente, nas métricas de resultados do e-commerce. Para que essa taxa diminua, o lojista deve se atentar às seguintes estratégias.

Investir em selos de segurança e certificados digitais

A fim de amenizar o sentimento de insegurança gerado no ambiente virtual, o comerciante deve investir em selos de segurança e certificados digitais. O SSL, por exemplo, tem a função de criptografar dados e dificultar que eles sejam acessados por hackers.

Já outros sistemas, como o Site Blindado, fazem uma verificação no e-commerce para encontrar possíveis vulnerabilidades. Ter esses badgets na página, além de, realmente, garantir mais proteção, deixa o visitante menos temerário quanto à compra. Assim, essa é uma maneira de estimular outras formas de pagamento com maior probabilidade de finalização, como o cartão de crédito.

Possibilitar pagamento com desconto de outras formas

Alguns usuários preferem o boleto pelo desconto à vista que a loja oferece. Em certas situações, se o comerciante permitir essa dedução por outras vias, como a transferência bancária ou débito na conta corrente, por exemplo, é possível que o cliente se decida por essa opção.

Deixar claro o processo de pagamento

É possível que alguns usuários ainda não estejam acostumados a realizar suas compras pela internet e, por isso, não entenderem bem como o método funciona. Para evitar equívocos, assim que o comprador escolher a opção do boleto, deixe um passo a passo claro de como será o processo. Avise que ele pode imprimir, se desejar. Fale os lugares em que o pagamento pode ser feito. Também é válido o lembre de que ele consegue finalizar por meio do internet banking.

Mandar lembretes do vencimento

Existem os consumidores que acabam se esquecendo de que precisam fazer o pagamento e deixam a conta vencer. Há, ainda, aqueles que, depois de terem solicitado o produto, pensam de forma mais racional e desistem da aquisição.

Lembretes no e-mail ou por SMS de que a fatura está próxima de expirar podem salvar alguns pedidos. Mostrar as vantagens que o cliente teria se adquirisse a mercadoria, ressaltando as características dela, pode ser uma boa estratégia, igualmente.

Não se esqueça de que é importante ter uma abordagem simpática e gentil quanto a esse lembrete, a fim de não deixar o cliente intimidado.

Viabilizar a troca de pagamento

Pode acontecer de o comprador, depois de solicitar o pagamento por boleto, mudar de ideia quanto a essa preferência. Se houver a possibilidade de ele alterar o modelo para pagar, é possível que a loja consiga resgatar esse pedido e aumentar a conversão. Deixe um aviso sobre essa viabilidade de mudança.

Monitorar a taxa de desistência

Assim como diversas outras métricas do comércio virtual, para que haja certeza de que as táticas estão sendo efetivas é preciso comparar a taxa inicial com a obtida após a implementação da tática. Assim, o lojista deve sempre monitorar o percentual de pessoas que não pagam o boleto. O objetivo precisa ser diminuir esse percentual ao longo do tempo.

O pagamento por boleto no e-commerce é um meio que deve ser permitido aos consumidores. Todavia, o gestor não deve se esquecer de investir em estratégias para que sua loja não sofra com as consequências de um pedido feito e não pago.

Para mais dicas de como potencializar os resultados da sua loja virtual, confira o case de como a Esporte Legal conseguiu aumentar suas vendas em quase 80% com a mudança de plataforma de e-commerce!

Baixe agora o Guia definitivo da migração de sucesso