Início SEO Entenda a importância do uso da palavra-chave para o e-commerce

Entenda a importância do uso da palavra-chave para o e-commerce

palavra-chave-ecommerce

O uso correto de uma estratégia de palavras-chave tem papel fundamental no e-commerce. Tanto que o ideal é pensar nelas antes mesmo de cadastrar um produto novo na sua loja virtual. Sabendo-se posicioná-las adequadamente, é possível criar conteúdos sob medida, oferecendo exatamente o que o seu público deseja e pesquisa.

Esse recurso está diretamente relacionado ao SEO — conjunto de práticas que adéquam as páginas da web aos principais mecanismos de busca (sendo o principal deles o Google), permitindo a captação de tráfego de alta qualidade e probabilidade de conversão. Se você precisa se destacar nos meios online e realizar muitas vendas, esse é o caminho.

Como o assunto ainda gera algumas dúvidas, criamos este artigo para facilitar a sua compreensão e ajudá-lo nessa tarefa de alcançar as primeiras posições nas buscas. Boa leitura!


O que é uma palavra-chave?

Grosso modo, palavras-chave são termos digitados pelos usuários para pesquisar produtos ou assuntos de interesse. Elas podem ser constituídas de uma única palavra, sendo mais genéricas, ou conter de 5 a 6 termos agrupados — estas últimas são conhecidas como palavras-chave de cauda longa.

Se você possui um e-commerce de artigos infantis, por exemplo, seus futuros clientes podem pesquisar os seus produtos de diferentes maneiras, como “banheiras”, “banheiras para bebês” ou “qual a melhor banheira para recém-nascidos”. O seu papel, portanto, é estruturar a página desse item de forma que ela seja facilmente encontrada quando eles acessarem o Google, seja qual for o termo buscado.

Nesse sentido, o tamanho da palavra-chave tem relação direta com a concorrência, o volume de buscas e a qualidade do tráfego atraído. Seguindo ainda o mesmo exemplo, milhares de pessoas pesquisam banheiras diariamente na internet, mas somente um percentual delas procuram banheira para bebês.

Especificando mais o termo, então, você terá um número menor de concorrentes trabalhando pelo seu ranqueamento, e maiores chances de captar um público mais engajado com os produtos da sua loja.

Por que o seu uso é importante para o e-commerce?

Se no comércio tradicional você precisa de estratégias de marketing e vendas para promover o seu negócio, no meio online isso não é diferente.

No primeiro caso, é necessário investir em publicidade e, ao mesmo tempo, trabalhar o relacionamento com o público para atrair clientes orgânicos. De forma similar, na internet, parte do seu tráfego precisa vir do trabalho de SEO, que visa atender requisitos pré-determinados pelo Google para classificar automaticamente uma página nas suas primeiras posições. Com esse ranqueamento, o seu e-commerce tende a ter mais acessos e gerará mais leads e vendas, reduzindo seus custos com tráfego pago.

Usando essa técnica, o seu planejamento é elaborado conforme os interesses do seu nicho de atuação. Assim, você pode tomar as melhores ações para se destacar da concorrência, aproveitando as tendências de busca para oferecer conteúdos sazonais, descontos, cupons, etc.

Como escolher e aplicar as palavras-chave ideais?

Partindo do princípio que você tem sua buyer persona (perfil semifictício do seu cliente ideal) definida e já oferta os produtos adequados às necessidades dela, é hora de determinar quais são as principais palavras-chave do seu negócio, e trabalhá-las na sua loja virtual. Confira, a seguir, algumas ações fundamentais para o sucesso dessa implementação.

Crie uma lista das palavras principais

Inicie o processo com um brainstorm, levantando as palavras que você acredita serem mais importantes na preferência de busca. Não se preocupe com a precisão dos termos: mais tarde você descobrirá, de fato, quais palavras são mais interessantes para o seu e-commerce. Agora, o mais importante é tentar se colocar no lugar da persona e imaginar o que ela digitaria para encontrar o produto.

Busque os termos de cauda longa relacionados

Nessa etapa, você precisará de algumas ferramentas, como o planejador de palavras-chave do Google. Para utilizá-lo, é necessário criar uma conta no Google Ads; depois, digite os termos relevantes e descubra as palavras-chave relacionadas, bem como o interesse do público para cada uma delas.

Você ainda pode usar outras ferramentas gratuitas para essa busca, como o Ubersuggest, que sugere termos relevantes de cauda longa, seus volumes de buscas, o custo por clique (CPC) e a dificuldade de ranqueamento, classificando-as como fácil, médio e difícil.

Verifique as tendências de busca

É importante entender qual é o comportamento do usuário para cada palavra escolhida. Nesse sentido, o Google Trends é muito útil, pois lhe permite descobrir se determinado termo será mais pesquisado nos próximos meses. Você pode até filtrar esse interesse por região, melhorando o seu posicionamento para alcançar novos mercados e organizar campanhas mais adequadas ao ritmo do seu consumidor.

Outra maneira bem rápida de pesquisar essa tendência é digitar a própria palavra-chave no Google. O mecanismo selecionará, automaticamente, quais são os termos mais pesquisados.

Analise a concorrência

Para batalhar pelas primeiras posições, também é fundamental descobrir as palavras-chave utilizadas pela sua concorrência, comparando-as com aquelas que já ranquearam dentro do seu site. Usando o SEMrush, basta digitar a sua URL e a do concorrente para obter essas informações.

Com isso em mãos, verifique a força desses concorrentes e estude as suas chances de ultrapassá-los no posicionamento. Você ainda pode aproveitar para trabalhar keywords que não foram bem aproveitadas por eles, suprindo essa lacuna com um resultado melhor.

Trabalhe o seu conteúdo com as palavras escolhidas

Enfim, chegou a hora de reestruturar o site para as novas palavras-chave selecionadas. Entenda que não basta adicionar os termos aleatoriamente na descrição do produto, pois o Google considera diversos fatores para o seu ranqueamento, como escalabilidade, relevância do conteúdo, tempo de permanência na página, entre outros.

Por isso, reforçamos aqui a necessidade de criar um conteúdo que informe e seja agradável ao leitor. Essa medida desperta o interesse e faz com que o usuário navegue entre diferentes páginas e sessões do seu site, melhorando inclusive o seu relacionamento com ele.

Além disso, é muito importante que a palavra-chave esteja presente na URL e no título da página. Utilize-a ainda nas metatags do seu código-fonte, na descrição (meta description) e no nome das imagens. Lembre-se: o seu ranqueamento dependerá de todos esses detalhes.

Quais são os benefícios desse uso da palavra-chave?

Quando bem trabalhadas, as palavras de cauda longa atraem um público mais direcionado para a compra, gerando melhores índices de conversão. Elas costumam também ter uma concorrência menor e um CPC baixo, o que reduz os custos com mídia programática e posts de mídias sociais patrocinados.

Em geral, a sua aplicação trará maior visibilidade para o seu negócio. Imagine que, a cada busca, o seu público-alvo terá acesso à sua marca, o que a consolida nos meios digitais e educa esses consumidores sobre as soluções que a sua loja oferece. Do contrário, se você não colocar esses “atalhos” no seu site, o público terá acesso aos produtos do seu concorrente, não aos seus.

Como vimos, o bom uso da palavra-chave pode trazer diversos resultados para o e-commerce. Esse processo exige tempo e dá algum trabalho, mas acompanhar a melhora no ranqueamento — e nas vendas — compensará todo o esforço. Para aprimorar seus resultados, revise a lista de palavras constantemente, empregue-as de maneira sutil no conteúdo e não deixe de agregar valor ao seu consumidor.

Por fim, é importante contar com profissionais especializados no seu e-commerce responsáveis por sua estratégia de palavra-chave e tráfego orgânico, ou até mesmo contratar uma agência externa que faça esse serviço. O investimento certamente valerá a pena!

Baixe o e-book: montar
e-commerce de sucesso
Saiba como aproveitar um mercado que movimenta quase R$60 bilhões por ano ao iniciar uma operação online de sucesso!

Quero ler o e-book agora!