Início Estratégias de Marketing Palavras-chave long tail: como usar de forma estratégica no e-commerce?

Palavras-chave long tail: como usar de forma estratégica no e-commerce?

palavra-chave-long-tail

O varejo é um dos setores que mais entende sobre como é enfrentar grande competição. Afinal, batalhando espaço com gigantes do mercado, todos os aspectos de uma estratégia contam para fortalecer a marca e alcançar melhores resultados em vendas. No meio online, algo que pode facilitar esse caminho é o uso das palavras-chave long tail.

O termo surgiu com Chris Anderson, para conceituar a ideia e as vantagens de atuar em nichos de mercado. O conceito rapidamente migrou para o SEO (otimização para mecanismos de buscas), tornando-se uma forma bastante eficiente de aumentar o tráfego e a conversão nos e-commerces de pequeno e médio porte.

Se a sua loja ainda não utiliza palavras-chave long tails para aparecer nos primeiros resultados do Google, você pode estar perdendo a oportunidade de conquistar um espaço restrito, mas extremamente valioso. Então, continue esta leitura e veja como aplicá-las para melhorar o seu posicionamento.

 

O que são as palavras-chave long tail

Termos long tail — ou cauda longa, em português — são palavras-chave mais específicas utilizadas na hora de fazer uma pesquisa no Google e em outros mecanismos de busca. Normalmente, contêm de 3 a 6 palavras (ou até mais), e apresentam o detalhamento de uma pesquisa mais ampla.

Seu uso estratégico (em alinhamento com outras técnicas de SEO), bem como de palavras-chave mais abrangentes (head tail), possibilita que o e-commerce apareça nos primeiros resultados de busca do Google — com o diferencial, porém, de que long tails podem ser mais fáceis de ranquear.

Para ilustrar isso melhor, imagine que você tem uma loja virtual de artigos esportivos que venda kimonos. Centenas de concorrentes já estão batalhando para ranquear por essa palavra em específico, o que torna difícil competir com eles. No entanto, você pode alcançar excelentes resultados se aplicar os seguintes termos nas suas páginas:

  • kimono branco para karatê;
  • qual tamanho de kimono usar;
  • cores de kimono;
  • tecido para kimono de jiu-jitsu;
  • kimono feminino longo;
  • kimono infantil para hapkido;
  •  e muitas outras.

Percebe como esses termos estão bem mais próximos da linguagem e da experiência do cliente? Justamente por isso, ao utilizá-los você pode melhorar os seus resultados com a captação de tráfego orgânico e aprimorar o relacionamento com o seu público.

Como encontrar os termos ideais de cauda longa

Para começar essa estratégia, não basta apenas aplicar os termos que você julga serem relevantes. As palavras-chave são um espelho do que o seu consumidor deseja, em maior ou menor grau. Então, pesquise o que, de fato, faz sentido para ele. Estude, descubra se o que os seus concorrentes estão utilizando funciona e decida pelas long tails mais vantajosas.

A seguir, vejamos algumas práticas que podem ser implementadas para garantir os melhores resultados.

Organize a arquitetura do site

Antes de iniciar, organize o seu e-commerce para abranger as categorias e filtros essenciais no seu segmento, tornando o seu conteúdo atrativo para as pesquisas. Sem isso, sua página poderá ter problemas para alcançar posicionamento com as frases de cauda longa que você escolher.

Alinhe os termos com a sua oferta

De fato, a soma de diversas palavras-chave de cauda longa pode atrair mais público do que o ranqueamento para termos genéricos. No entanto, construir a sua página com termos muito distantes daquilo que o seu e-commerce oferece pode ter o efeito contrário ao desejado.

Por isso, ainda que o planejador de palavras-chave do Google apresente long tails com ótimos volumes de busca e baixa competição, analise sempre a relevância delas para a sua estratégia. Escolha aquelas que combinem melhor esse quesito com as características do seu público e com um bom custo por clique.

Estude a concorrência

Enfim, você já descobriu os termos mais relevantes para o seu negócio e optou pelos mais buscados e com menor preço de leilão, ou seja, os menos concorridos. Agora, antes de acrescentar essas palavras nas URLs, títulos e descrição das suas páginas, dê uma conferida também no que os outros players estão ranqueando.

Digitando o seu site e o do concorrente em ferramentas de comparação, como as oferecidas pelo SEMrush ou Majestic, você consegue perceber se sua estratégia de SEO está alinhada ao mercado e descobrir quais long tails são mais utilizadas. Pode ser que você tenha deixado passar alguma grande oportunidade de superá-lo, então, não menospreze essa etapa.

Existem muitos mecanismos para trabalhar o SEO da sua loja virtual. O que você precisa ter em mente é que as palavras long tail são um meio mais fácil de competir por espaço na web e se tornar autoridade no seu nicho de atuação.

Principais vantagens de traçar uma estratégia long tail no e-commerce

Tudo o que vimos até aqui já embasa a importância do uso das long tails no e-commerce. Porém, ainda há outros benefícios que não foram citados, e podem convencer você definitivamente a começar a utilizá-las. Falaremos mais sobre eles a seguir.

Tráfego qualificado

Normalmente, os usuários que acessarem o seu e-commerce por meio das palavras de cauda longa já estão em um estágio mais avançado do funil de vendas — ou seja, mais próximos de fazer uma aquisição. Logo, tendem a ter uma ideia de compra mais amadurecida quando chegam até você, o que reduz as chances de abandono.

Menor competição

Palavras-chave extensas costumam ter um volume de buscas mensal menor que termos genéricos, o que não gera tanto interesse para grandes varejistas e pode passar despercebido pelos menores. Isso aumenta as possibilidades de você ficar bem posicionado com elas e alcançar resultados mais rápidos — especialmente se combinar o uso de diversos termos.

Baixo investimento

Além de facilitar as conversões no orgânico, a sua estratégia paga pode ficar mais barata com as long tails, pois elas oferecem um CPC bem menor que outras palavras-chave. Essa folga no orçamento libera recursos para você investir em outras ferramentas ou estratégias para alavancar seu crescimento, como o uso de robôs de atendimento ou retargeting, por exemplo.

Melhora do branding

O seu aparecimento no motor das buscas tende a fortalecer a visão da sua marca perante o público no longo prazo, que passa a ter maior confiabilidade nas soluções que a sua loja oferece.

Crescimento das vendas

Por fim, um tráfego de qualidade e a baixa competição podem resultar naquilo que mais desejamos para o nosso e-commerce, e que garante a estabilidade do fluxo de caixa: as conversões em vendas. Isso porque as long tails exploram um “oceano azul” de possibilidades que não tinham sido fisgadas pelos concorrentes.

É interessante, porém, trabalhar e ranquear esses termos o quanto antes. Com a concorrência aumentando diariamente, até os grandes lojistas estão explorando os termos de cauda longa para não perder market share.

Como vimos, as palavras-chave long tail aumentam as chances de que seu conteúdo seja visto por futuros compradores. Agora, que já as conhece, utilize-as da forma correta para facilitar as conversões e o tráfego orgânico, lembrando de revisá-las periodicamente para se manter atualizado sobre as tendências dos usuários.

Baixe o e-book: montar
e-commerce de sucesso
Saiba como aproveitar um mercado que movimenta quase R$60 bilhões por ano ao iniciar uma operação online de sucesso!

Quero ler o e-book agora!