Planejamento estratégico para e-commerce - Tray Corp

O que é preciso saber ao fazer um planejamento estratégico do e-commerce?

planejamento-estrategico-ecommerce

O comércio eletrônico é um setor que tem apresentado um crescimento significativo nos últimos anos. Mas, por mais que isso seja ótimo, não se engane. Afinal, como o segmento tem atraído cada vez mais interessados, a disputa entre os players acaba aumentando em igual proporção. Nesse cenário, é fato que vão sobreviver somente as empresas mais bem posicionadas. É por isso que é tão importante dedicar não só recursos, mas também tempo a um planejamento do e-commerce.


Um planejamento estratégico para loja virtual precisa ter objetivos claramente definidos, sendo esse um dos grandes segredos quando se fala de processo de desenvolvimento, manutenção e controle de um equilíbrio estratégico entre os recursos no ambiente de mercado e as metas organizacionais.

Mas, afinal, como criar um planejamento estratégico para e-commerce, de modo a conduzir seu negócio à frente da concorrência? Continue acompanhando e confira. Boa leitura!

Quais os elementos de um planejamento de e-commerce?

Um plano de negócios para loja virtual é um documento em que as principais variáveis da empresa são apresentadas de maneira organizada e detalhada.

Há vários modelos de planos de negócios que se encontram disponíveis na internet e que você pode adaptar para seu processo de planejamento de e-commerce. O ideal é que o plano tenha ao menos as estruturas básicas, como estas:

  • análise do empreendimento: o que vai ser feito e quais as atribuições de cada um;
  • planejamento de marketing: ferramentas e estratégias para a divulgação do negócio;
  • análise de produto: o que vai ser ofertado ao mercado e quais são os principais diferenciais;
  • planejamento financeiro: aplicação e origem dos recursos para a viabilização do negócio;
  • análise do mercado: quem é o público-alvo, concorrência e suas tendências;
  • cronograma e metas: metas a serem atingidas e programação de implantação.

Um excelente projeto de loja online começa justamente no planejamento. É fundamental que você tenha um plano de atuação para seu negócio para que o projeto tenha foco e os recursos para serem aplicados de maneira eficiente.

Quais as melhores práticas para a elaboração do planejamento estratégico?

Veja, a seguir, as melhores práticas para criar seu planejamento!

Saiba escolher as prioridades

O passo inicial para planejar de forma eficiente é definir todas as prioridades. As principais metas a serem alcançadas devem ser listadas. A seleção precisa destacar as melhorias que vão levar a empresa a ter maior reconhecimento junto aos consumidores e ao mercado.

Trabalhe com as informações de modo bem claro

Além de conhecer os recursos necessários (financeiros, humanos, materiais e tecnológicos), é preciso definir os resultados desejados, os responsáveis e os prazos para as ações serem terminadas. Com todos esses dados, a execução das atividades vai poder ser monitorada de forma correta, o que ajuda a aperfeiçoar o desempenho e evitar erros.

Seja realista ao fazer o planejamento do e-commerce

Com certeza, os objetivos a serem atingidos precisam estar alinhados com a realidade da empresa. Antes de vender uma nova linha de produtos, é necessário avaliar a demanda do mercado, por exemplo.

Quais erros devem ser evitados?

Se você está pensando em como planejar um e-commerce, é preciso estar atento a alguns erros que alguns lojistas acabam cometendo nesse processo. Confira!

Focar apenas em produtos

No momento de pensar no planejamento de um e-commerce, muitos focam apenas em qual produto vender na internet. Bom, em primeiro lugar, é fundamental entender que os consumidores não têm interesse em produtos especificamente: o que eles desejam é comprar uma solução que resolva determinada “dor” que estão sentindo no momento. Esse é, sem dúvida, o propósito de cada produto.

Por isso, é assim que você precisa trabalhar roupas, calçados, autopeças ou qualquer outra mercadoria que deseja vender: como uma ideia, uma solução, não um simples pedaço de ferro ou de pano.

É imprescindível que você trabalhe estratégias, crie conteúdo, engaje o público, enfim, é preciso sair da zona de conforto e buscar o consumidor.

Seu e-commerce não é uma simples lojinha na internet

Quando você monta um e-commerce, ele é como uma lojinha no fundo de uma galeria do seu bairro, ou seja, ninguém entra. Caso você fique sentado aguardando o Analytics finalmente indicar milhões em compras, é bastante provável que seu comércio eletrônico não dure um mês.

Sendo assim, é necessário planejar, criar campanhas, atrair clientes, gerar leads. Enfim, todos os dias é preciso que você dê alguns passos que aproxime sua marca de uma melhor rentabilidade.

Divulgação errada

Há uma regra de ouro para o e-commerce: quanto maior a quantidade de pessoas visitando a loja online, maiores serão as chances de vender mais. Portanto, um objetivo fundamental é aumentar o tráfego do seu comércio virtual. A forma mais eficiente de divulgar um e-commerce é investindo em marketing.

Uma dica: é no momento de planejar seu e-commerce que você vai estudar tudo sobre a persona, ou seja, sobre o consumidor ideal do empreendimento que você está montando. Afinal, se você não conhece seu público-alvo, para quem está fazendo anúncios?

É esse o grande erro que faz com que muitos anúncios acabem atraindo cliques curiosos, aqueles que não geram resultados para o negócio, e isso desestabiliza o princípio essencial do marketing bem-feito, ou seja, aquele que afirma que o retorno deve ser maior que o investimento.

Quais ferramentas podem ser utilizadas?

Confira estas ferramentas fundamentais para colocar seu planejamento estratégico de e-commerce em prática!

Missão, Visão e Valores

O trio Missão-Visão-Valores é um recurso excelente para que empreendedores possam planejar negócios diferenciados e se orgulhar de seu trabalho. É uma ferramenta muito indicada para empresas que desejam definir a direção estratégica do negócio: da integração das operações à estratégia do empreendimento e da motivação dos profissionais.

É útil, pois permite que o empreendedor consiga refletir sobre o papel da sua loja na sociedade e sobre o futuro dela. Você pode saber mais sobre esse recurso aqui.

Análise SWOT

Quer fazer o planejamento estratégico e precisa criar um diagnóstico de sua loja? Com essa ferramenta, você pode aprofundar o conhecimento sobre sua empresa e ter uma análise do contexto externo em que seu comércio eletrônico está inserido. É recomendada para empresas de todos os portes.

É bastante eficaz, pois proporciona uma análise dos pontos fracos (weaknesses) e dos pontos fortes (strengths), além das oportunidades (opportunities) e das ameaças (threats) de um negócio. Em seguida, é possível organizar um plano para diminuir os riscos e aumentar as chances de sucesso da loja. Você pode saber mais sobre esse recurso aqui.

Análise 360° de oportunidades de negócio

Está com ótimas ideias e não sabe como transformá-las em negócios realmente lucrativos? Bom, essa ferramenta pode ajudar a verificar se sua ideia é ou não viável. Além do mais, ela faz você refletir se a vantagem oferecida é clara para o consumidor, se ela tem potencial de rentabilidade e de lucratividade e se o tamanho de mercado é adequado.

A Análise 360° é muito indicada para aqueles que desejam avaliar qual de suas ideias representa a melhor oportunidade de negócio. É muito interessante porque guia o gestor nas análises dos aspectos internos e externos de uma empresa e também em suas reflexões pessoais. Você pode saber mais sobre esse recurso aqui.

Enfim, fazer o planejamento do e-commerce é essencial para garantir que você vai caminhar para o sucesso em seu empreendimento. Além disso, é importante não se esquecer também do seu planejamento financeiro. Seguindo essas dicas, você poderá aumentar suas chances de sucesso nesse mercado.

cta-novo-ecommerce-b2cPowered by Rock Convert
Fale com um consultor