Início Segurança Segurança no e-commerce: dicas avançadas para grandes empresas

Segurança no e-commerce: dicas avançadas para grandes empresas

seguranca-no-e-commerce-dicas-avancadas

Todo estabelecimento comercial, seja físico ou online, deve oferecer o máximo de segurança para os seus consumidores. Assim como o empreendedor de uma loja física pode contar com uma série de ferramentas para evitar tentativas de fraudes, a segurança no e-commerce também pode ser garantida de diferentes formas.

Ter uma loja virtual segura gera confiança nos clientes e evita que recursos sejam dissipados sem controle. Logo, no momento de lançar-se no mercado com seu comércio eletrônico, esse deve ser um item básico a ser pensado. Além de oferecer bons produtos, é fundamental contar um sistema capaz de proporcionar uma boa experiência para os consumidores no seu negócio.

Pensando nisso, preparamos algumas dicas de como aprimorar a proteção no seu e-commerce. Confira e tenha ótimas vendas. Boa leitura!

 

Adote uma plataforma de e-commerce confiável

O momento de escolha da plataforma de e-commerce é crucial para a segurança do negócio, uma vez que o fornecedor que você contratar deverá apresentar ferramentas que garantam esse estado e recursos antifraudes para a sua loja virtual.

É imprescindível analisar a compatibilidade com certificações que assegurem que as transferências de dados entre empresa e clientes permaneçam íntegras. É preciso comparar a escolha da plataforma com a de um lugar para a loja física, por exemplo. Afinal, dificilmente um empreendedor instalará o seu comércio em um local de riscos ou onde não há possibilidade de expansão.

Lembre-se de que optar por modelos gratuitos ou baratos pode até parecer um bom negócio a princípio. No entanto, muitas dessas ações apresentam código aberto e brechas de segurança, o que pode facilitar a invasão por hackers.

Peça senhas fortes

Mesmo que você seja o responsável por garantir que as informações dos clientes permaneçam seguras, é fundamental exigir senhas fortes. Quanto mais difíceis elas forem, maior será o trabalho dos criminosos virtuais.

Portanto, é indicado exigir medidas adicionais por parte dos seus clientes, como senhas com maior quantidade de caracteres, combinando símbolos, números e letras. É totalmente aceitável ser exigente nesse momento. Afinal, é para o bem de todos. Por incrível que pareça, ainda há pessoas que colocam a data de nascimento como senha.

Avise sobre transações

Não deixe de avisar o comprador, seja via SMS, seja via e-mail, antes de finalizar qualquer transação. Dessa maneira, após informar os dados do cartão, o consumidor receberá um aviso de que a compra foi realizada e também do seu valor.

Essa é uma forma de evitar fraude nas transações e o chargeback — cancelamento da compra devido ao não reconhecimento da transação pelo titular do cartão.

Dê um limite de transações negadas

Muitas vezes, as transações fraudulentas são feitas por softwares que fazem uso de vários números de cartão continuadamente, até que consigam finalizar a compra.

A fim de evitar que isso ocorra no seu e-commerce, a orientação é que se estabeleça um limite de tentativas para cada usuário. Assim, caso haja algum problema nesse sentido, você poderá agir preventivamente e entrar em contato com o consumidor.

Conte com ajuda profissional

Grandes fraudadores são, com certeza, especialistas no assunto. Logo, farão de tudo para burlar o sistema. Isso significa, então, que é muito difícil combater chargebacks e fraudes sem contar com o auxílio de um profissional.

Sendo assim, a solução mais eficaz é usar uma plataforma de e-commerce que ofereça suporte, auxiliando o lojista quando necessário. Contar com uma empresa que garanta a segurança de vendedores e de compradores é indispensável para proteger a privacidade dos clientes e, claro, para evitar fraudes eletrônicas.

Fique atento a ações de engenharia social

O termo “engenharia social” diz respeito à manipulação de pessoas que tenham o objetivo de fazer com que ações sejam executadas ou que dados confidenciais sejam divulgados. É o caso, por exemplo, de quando você recebe um e-mail com uma solicitação para instalar um aplicativo. Ou quando recebe um SMS de uma loja virtual, pedindo que execute uma aplicação anexada ao texto.

É preciso que você esteja atento para casos que possam envolver o nome do seu negócio, e que tome medidas cabíveis para proteger todos os seus sistemas, visando a conservar a seguranças dos seus usuários.

O sucesso de uma invasão ao computador ou celular do consumidor depende exatamente da decisão dele de seguir os comandos recebidos. No entanto, a confiança que o cliente tem no seu e-commerce pode ficar abalada, caso as medidas necessárias não sejam tomadas.

Não se esqueça de que a segurança é extremamente relevante e vital para o sucesso da sua loja online. Ela oferece garantias tanto para o comerciante como para os consumidores. Então, invista em um sistema inteligente que vai garantir menos problemas no futuro.

Entre em contato com o cliente

Para finalizar, não deixe de entrar em contato com o comprador. Nas transações fraudulentas, é certo que as informações fornecidas no processo de compra estarão erradas.

Então, para ter certeza de que a operação é legal, contate-o e explique a situação. Caso ele relate que o pedido foi feito por ele mesmo, explique que um comportamento fora do habitual fez com que você ligasse para confirmar a transação.

No entanto, se ele afirmar que não fez a compra, você evitará uma fraude e ainda terá a chance de dar a orientação para que o cliente solicite um novo cartão, por exemplo.

É importante ressaltar que os criminosos virtuais estão sempre à procura de novos métodos para praticar os seus delitos. Portanto, seguir essas orientações pode tornar o seu site seguro e confiável para navegar. É isso que todo empreendedor deve buscar. Passar segurança e credibilidade no e-commerce é extremamente relevante para o sucesso de um negócio.

Essas medidas vão impactar tanto a experiência do cliente quanto a saúde financeira da loja. Isso porque a maior proteção vai assegurar que não haja impedimentos para receber o dinheiro das compras realizadas.

Enfim, garantir segurança no e-commerce vai possibilitar que o trâmite da compra se faça de maneira eficaz e rápida, o que além de fidelizar clientes, pode gerar indicações que tragam novos consumidores para o negócio.

Baixe o e-book: montar
e-commerce de sucesso
Saiba como aproveitar um mercado que movimenta quase R$60 bilhões por ano ao iniciar uma operação online de sucesso!

Quero ler o e-book agora!