Início Experiência do consumidor Como o tempo de carregamento impacta nas vendas do e-commerce?

Como o tempo de carregamento impacta nas vendas do e-commerce?

tempo-de-carregamento

Para quem administra algum tipo de negócio, se preocupar com a performance das suas páginas é vital para o sucesso das vendas. Portanto, se você quer aumentar o faturamento do seu e-commerce, é fundamental investir em formas de melhorar a experiência do usuário no seu site. O tempo de carregamento é uma delas.

A demora para que o cliente possa acessar ao website que deseja pode, por exemplo, aumentar a taxa de rejeição da página e, consequentemente, diminuir o tempo médio de sessão, duas métricas que prejudicariam o seu negócio. Por isso, otimizar a velocidade da sua loja virtual deve ser uma prioridade.

Que tal, então, entender melhor a relação entre o tempo de carregamento da sua página e o sucesso do seu e-commerce? Para isso, preparamos este artigo completo sobre o assunto, apresentando também como a demora pode prejudicar a sua posição no Google e o que fazer para melhorar esse quadro. Confira!

 

Qual a relação entre o tempo de carregamento do seu site e as suas vendas?

Atualmente, é fundamental garantir que o usuário tenha uma experiência positiva ao entrar em contato com a sua empresa, seja para realizar uma compra, seja para tirar uma dúvida. Parte dessa experiência está no tempo de carregamento das suas páginas: quanto mais rápido, melhor para o seu negócio.

Por outro lado, o consumidor está cada vez mais exigente, especialmente pela grande oferta de opções no mercado. Portanto, basta uma experiência negativa para que ele abandone o seu site e vá em busca dos produtos dos seus principais concorrentes.

Agora, veja com mais detalhes por que um tempo de carregamento ruim pode prejudicar seus negócios.

Aumenta a taxa de abandono

De acordo com um levantamento realizado pelo Google, cada segundo faz uma diferença enorme para o sucesso do seu e-commerce. Um acréscimo de até 10 segundos no tempo de carregamento, por exemplo, aumenta em 123% a possibilidade de abandono. Ou seja, o cliente não tem paciência para esperar.

Não existe um número certo que possa garantir a redução da taxa de abandono, afinal, são diversos fatores que impactam essa decisão do usuário. Porém, o mesmo estudo do Google indica que uma página que demora mais de três segundos para carregar sofre com o abandono de mais da metade das visitas.

Reduz a sua taxa de conversão

Aqui, fica mais fácil entender como o tempo de carregamento e a conversão de vendas estão relacionados. Uma demora muito longa em suas páginas vai, primeiro, tirar boa parte dos consumidores do seu site e, em seguida, vai frustrar quem resolveu insistir no seu e-commerce por conta da usabilidade ruim.

Para corroborar essa teoria, dados do Kissmetrics apontam que um segundo a mais no tempo de resposta de uma página representa uma redução em 7% nas conversões de um e-commerce.

Atrapalha a fidelização de clientes

O tempo de carregamento se torna importante para quem busca investir na retenção e na fidelização de clientes. Os números deixam claro: uma pesquisa da Akamai indica que 79% dos usuários não realizam novas compras após uma experiência negativa com o tempo de carregamento de uma página.

O mesmo estudo mostra que 52% dos consumidores que realizaram compras online acreditam ser importante contar com uma página rápida para se tornarem clientes fidelizados.

Portanto, de nada adianta oferecer os melhores preços e produtos do mercado se, na hora de realizar a compra, a experiência do cliente for negativa. Além disso, o tempo de carregamento pode impactar outras áreas.

Qual o impacto do tempo de carregamento no posicionamento no Google?

Com a relevância no mundo digital sendo cada vez mais importante, o posicionamento das suas páginas no Google também deve fazer parte do seu planejamento. Afinal, um bom ranqueamento no buscador pode gerar mais leads e visitantes para o seu e-commerce, o que ajuda nas vendas.

Produzir conteúdo relevante e utilizar as principais técnicas de SEO (Search Engine Optimization), por exemplo, são maneiras de garantir um melhor posicionamento da sua página no Google. Porém, esses não são os únicos fatores relevantes, pois o tempo de carregamento também impacta a ordem dos resultados de uma busca.

O foco do Google é oferecer os resultados que melhor se encaixem no que foi pesquisado, porém, ele também leva em consideração a experiência do usuário. Por isso, mesmo que as palavras-chave se encaixem, a ferramenta provavelmente não vai indicar um site lento entre os primeiros resultados.

Portanto, se a sua página segue os princípios de SEO, conta com um design responsivo e tem uma autoridade de domínio elevada, mas está mal posicionada no buscador, talvez seja hora de mudar. Principalmente, dando ênfase a algumas ações que otimizem o tempo de carregamento do seu e-commerce.

Quais ações colocar em prática para otimizar a sua página?

Para que você não tenha prejuízo por conta de uma página com um longo tempo de carregamento, separamos algumas ações para solucionar esse problema. Com uma estratégia simples, é possível otimizar o seu e-commerce. Confira!

Insira apenas o necessário

Muitas vezes, enfeitar demais pode gerar problemas. Por exemplo, colocar uma imagem em altíssima qualidade pode ser atraente e deixar o visual da sua página mais bonito, porém, é preciso se perguntar qual o valor daquela imagem. Ela é, de fato, essencial para que o seu e-commerce venda mais?

Caso a resposta seja negativa, talvez seja necessário pensar em uma outra alternativa, pois o que esse recurso está gerando é apenas mais tempo de carregamento e, consequentemente, menos vendas. Caso ela seja importante para a experiência do cliente, é fundamental buscar maneiras de otimizar essa imagem.

Reduza o número de redirecionamentos

Evite redirecionamentos dentro das suas páginas. Para isso, invista em um layout intuitivo e que permita que o cliente encontre o que procura com facilidade. Criar inúmeras camadas até que o usuário possa finalizar a compra, por exemplo, além de gerar mais barreiras até a conversão, tende a aumentar o tempo de carregamento.

Utilize os recursos mais modernos

Nesse cenário, pensar em uma versão mobile do seu e-commerce é fundamental. Utilizar, por exemplo, o Google AMP (Accelerated Mobile Pages) para otimizar o processo de carregamento das suas páginas nas versões para dispositivos móveis é uma ótima solução.

Como vimos, é muito importante ter como prioridade a otimização do tempo de carregamento do seu e-commerce. Assim, você garante que a experiência do usuário com a sua empresa será positiva e, consequentemente, aumenta a sua taxa de conversão!

Baixe o case: migração
Livraria Florence
Saiba como a Florence teve um crescimento 126% no tráfego orgânico e de 85% na receita desse canal após a mudança de plataforma!

Quero ler o e-book agora!